Universidade pública, você merece estar lá?

A educação superior pública no Brasil HOJE, faz com que as classes altas tenham suas despesas com educação pagas diretamente (e somente) pelos impostos, enquanto as classes baixas têm os mesmos impostos + os custos com as universidades privadas (quando conseguem entrar na universidade).

O que faz com que essa massa de explorados e saqueados pelo estado e pela burguesia não se revolte contra o sistema e exproprie o ensino privado?

Várias respostas são possíveis, mas uma que me salta aos olhos é a ideia de mérito, um dos pilares do capitalismo. Com esta ideia bem presente na cabeça das pessoas (de fato, percebo isso desde os estudantes do ensino básico) a burguesia mantém sua segurança e o estado mantêm seu sistema.

Pensam os explorados, “Se o rico conseguiu entrar na universidade pública e eu não é por quele mereceu, ele se esforçou mais e por isso merece estar lá.”

Mas devemos nos perguntar, e a história? E toda a exclusão social da vida destes explorados? E toda sorte de saques que os oprimidos do mundo sofreram, e que fizeram com que não tivessem a menor chance de competir com a elite por uma vaga na universidade pública?

Se soubessem que não passou nem perto de nenhum merecimento. Ou que a própria ideia de mérito está completamente distorcida, ou pior, moldada para o benefício de uns poucos em detrimento de muitos. Se soubessem disso, a revolta popular, a revolução aconteceria bem mais cedo.

 

Inspirado por KARL MARX em CRITICA AO PROGRAMA DE GOTHA, 1875.

 Notas:

População negra no Brasil é maior que 50%.

Cursos de Medicina formam menos de 3% de negros/as.

Em 2013 USP não teve nenhum negro/a entre as três carreiras mais concorridas. (e se juntarmos os 10 cursos mais concorridos e que tiveram quase 800 matriculados/as, apenas 4 eram negros/as)

População pobre no Brasil passou de 40% para 20% em dois anos.

Valor da faixa salarial de classe média mudou nestes mesmos dois anos.

Apenas 28,5% dos estudantes matriculados na USP em 2013 eram de escola pública.

A esmagadora maioria de notícias sobre aumento de pobres no ensino superior se refere ao programa prouni que coloca estudantes no ensino privado, com bolsa.

 

P.S.

Não coloquei aqui as fontes diretas para as notícias, mas foram todas retiradas de portais de notícias, UOL, Terra, Folha, Pragmatismo Político, Revista Valor e Jornal ggn.

Publicado em Educação, Escolas, Geral, Notícias, Política | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Democracia calada. O padrão Fifa de festejar | Advogados Ativistas

Belo e importantíssimo texto dos advogados ativistas!

Leia!

Democracia calada. O padrão Fifa de festejar | Advogados Ativistas.

Publicado em Educação, Notícias, Política | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

V de Vingança e as pessoas que desligam a tv na hora do noticiário

IMG-20140412-WA0006

O texto do David Lloyde (Abaixo) me fez flutuar por um instante e me jogou no chão logo depois…

Me fez pensar que hoje eu sou daqueles que não desliga na hora do noticiário, mas não foi sempre assim. O que me fez mudar? O que faz as pessoas mudarem? O que leva à percepção do outro como outro de verdade, não como uma mera projeção ou intenção de si mesmo.

O dia de hoje teve altos e baixos como qualquer outro dia, mas quando esbarrei com o V de Vingança na livraria, me senti melhor, mais animado, comprei e queria começar a ler logo. Decidi ir para casa naquele instante. Na porta do shopping percebi que o céu desabava em forma de água, não dava para sair daquele jeito, estava de bicicleta. Voltei, procurei um banco e comecei a leitura ali mesmo.

Foi neste momento que li o texto do Lloyde, um instante antes do ponto final, fechei o livro num impulso e tive vontade de gritar. As regulações que nos são impostas e ensinadas ao longo da vida nos impedem de seguir cegamente nossos impulsos, quem não segue a risca estas regulações normalmente tem problemas na vida.

Olhei para a frente e estava justamente na frente de uma vitrine enorme que exibia uma moça fazendo yoga (?!) para usar o computador. Ela se contorcia toda e de todas as maneiras conseguia ficar de frente para a tela ao mesmo tempo que tocava com as mãos e os pés no teclado. De maneira alegre e descontraída.

Me perguntei o porquê de todos parecerem tão alegres e descontraídos. Deve ser minha condição emocional falando mais alto. Não, todos parecem mesmo muito alegres e descontraídos. Eles desligam a tv na hora do noticiário.

De repente uma mulher chega gritando para o marido que se encontrava sentado no mesmo banco que eu: “amor… amor… você não acredita, nenhum era de ouro!!!” Numa mistura de empolgação e desdém. Falava de um presente que ganhou e foi na loja conferir sua “autenticidade”. Pensei: esta desliga a tv na hora do noticiário há muitos anos…

Olhei para a frente e a alegria da mulher que praticava yoga para mexer no computador, me incomodava. Pensei que o texto se referia a Inglaterra e que talvez esta lógica não se aplicasse ao Brasil. Este pensamento deve ter durado dois segundos e foi descartado em menos de um.

Olhei mais uma vez para a mulher do yoga, corpo bonito, escultural, mas de qual escultura estou falando? Sim, o corpo nos padrões de beleza que nos foram impostos e introjetados, acho bonito e agora sei o porquê acho, isso não muda nada. Queria um computador daqueles… mas não sei fazer yoga.

Decido tentar ir embora novamente. Na porta percebo que a chuva ainda cai forte, olho para a bicicleta e para a chuva. Viro as costas para o shopping, para a mulher do yoga, para a família que desliga a tv na hora do noticiário, para a minha bicicleta e saio andando na chuva. Estou indo para casa.

Ao chegar na rua de casa percebo que moradores de rua se amontoam sob o toldo do prédio para fugir da chuva. Um deles está sentado no degrau da portaria. Quando eu abro a porta nos olhamos por uns 3 segundos. Ficamos suspensos por um olhar que dura até agora e vai durar para a vida toda. Sinto no seus olhos uma cobrança. Uma pergunta, “por que você pode entrar aí e eu não?”. Este olhar tem mais de sociologia que muito trabalho de pós graduação por aí… Ele me cobra pela escravidão, pela história. Justo eu, descendente de escravo e de índio caçado com cachorro. Justo eu, que quando passo por aquela porta fico branco.

Aqui dentro de casa lembro que a chuva continua caindo lá fora. Procuro desesperadamente um noticiário na tv. Mas hoje é sábado e não tem. Então vou escrever estas palavras para aliviar a minha dor e esquecer que lá fora ainda existem pessoas em baixo de toldos, pessoas ganhando presentes falsificados e lindas propagandas de computador para quem sabe yoga.

Texto de David Lloyde na abertura do livro V de Vingança

Texto de David Lloyde na abertura do livro V de Vingança

Publicado em Educação, Geral, Notícias | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Veja Marte HOJE (e amanhã, e depois, e depois, e depois…)

O aparecimento de Marte no Brasil será cancelado por falta de infraestrutura. Não vai ter Marte e Não vai ter copa… rs

Brincadeiras a parte, é absurdo que mesmo a Discovery divulgue esta notícia assim. Marte está no céu (A OLHO NU) todos os dias deste mês e por mais alguns meses.

Ontem mesmo, tivemos observação com o Grupo de Astronomia Sputnik e os presentes puderam ver, com seus olhinhos que a Terra a de comer, o planeta vermelho. (que apesar da cor comunista \o_ eu particularmente eu acho sem graça, prefiro Júpiter rs)

Ele de fato está brilhando um pouco mais que o normal, mas não é uma aparição pontual ou extraordinária, é frequente.

Ou seja, se você não conseguir ver marcianos hoje a noite, não mergulhe no rio Tietê para por fim a sua vida sem sentido, espere amanhã e olhe para o céu, ele está praticamente no mesmo lugar, se não der, tenta depois de amanhã, ou depois, ou depois…

P.S. O ponto brilhante no alto do céu lá pelas 23h é o planeta vermelho, Marte, que recebe esse nome em homenagem ao deus da guerra grego, Ares, que traduzido para o romano é Marte.

P.S.1 Além de Marte, Júpiter, Saturno e a Lua enfeitam o céu dos próximos dias… Utilize um programa para saber quem é quem e o melhor horário para observar.

Sugestões de programas simuladores do céu: Stellarium, Google Sky, Clelestia.

Bons céus!

Publicado em Geral | Deixe um comentário

Parabéns @dilmabr! Mandou militares ocuparem a Maré 1 dia antes do aniversário do golpe de 64!

Nova publicação em Latuff Cartoons

Parabéns @dilmabr! Mandou militares ocuparem a Maré 1 dia antes do aniversário do golpe de 64!

by latuffcartoons

Dilma autoriza exercito a ocupar Complexo da Mare

latuffcartoons | março 30, 2014 às 10:00 am | Tags: charge, Complexo de favelas da Maré, Dilma Rousseff, golpe de 64, Latuff, militares | Categorias: Cartoons | URL: http://wp.me/p26gkO-YF

Publicado em Geral | Deixe um comentário

Os Gaudério e a ferida de 64 que não fecha! Charge @JornalSul21

Nova publicação em Latuff Cartoons

Os Gaudério e a ferida de 64 que não fecha! Charge @JornalSul21

by latuffcartoons

Os Gauderio e os 50 anos do golpe de 64

latuffcartoons | março 31, 2014 às 10:01 am | Tags: charge, ditadura, golpe de 64, Latuff, Os Gaudério, Sul 21 | Categorias: Cartoons | URL: http://wp.me/p26gkO-YL

Publicado em Geral | Deixe um comentário

Novo post 50 anos do golpe de 64: lembremos do lugar onde a democracia nunca chegou! Charge @Brasil247

latuffcartoons publicou: ""

Nova publicação em Latuff Cartoons

50 anos do golpe de 64: lembremos do lugar onde a democracia nunca chegou! Charge @Brasil247

by latuffcartoons

favelas ditadura militar golpe de 1964

latuffcartoons | março 31, 2014 às 10:00 am | Tags: Brasil 247, charge, Complexo da Maré, ditadura, favelas, golpe de 64, Latuff | Categorias: Cartoons | URL: http://wp.me/p26gkO-YI

Cancele a assinatura para não receber mais posts de Latuff Cartoons.

Altere as configurações do seu e-mail em Gerenciar Assinaturas.

Problemas para clicar? Copie e cole esta URL no seu navegador:
http://latuffcartoons.wordpress.com/2014/03/31/50-anos-do-golpe-de-64-lembremos-do-lugar-onde-a-democracia-nunca-chegou-charge-brasil247/

Publicado em Geral | Deixe um comentário