MEC institui “Enem” para docentes

Os professores agora também terão um “Enem” específico para eles. O Ministério da Educação (MEC) criou o Exame Nacional de Ingresso na Carreira Docente, de acordo o Diário Oficial da União publicado nesta segunda-feira, 24. A primeira prova deve ser realizada em 2011 e será elaborada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A primeira edição será voltada para quem ensina na rede fundamental (1º ao 5º ano) e educação infantil.

O objetivo é que o exame, que deve avaliar conhecimentos, competências e habilidades necessárias para o exercício da profissão, seja utilizado, assim como o Enem, no ingresso em instituições cadastradas no programa. A diferença é que o “Enem” para professores será utilizado na contratação do docente, e não na conquista de uma vaga de ensino, como o Enem tradicional.

O docente não é obrigado a participar da seleção, mas o MEC prevê que municípios e estados pode substituir o concurso público pela nota deste exame.

“O novo Exame será um serviço que o Inep/MEC prestará às redes municipais e estaduais de Educação para seleção de novos professores. Com ele, prefeituras não precisariam realizar sua própria prova de concurso público – o que é caro e exige expertise de órgão especializado – para contratação de novos professores, bastaria publicar um edital de concurso público e usar a nota do Exame como critério para seleção”, de acordo nota da assessoria de imprensa divulgada no site do Inep.

A Secretarias de Educação que queiram participar do programa deverão formalizar adesão através do Inep. Cada secretaria deve definir a forma como o resultado do exame será utilizado na contratação dos docentes.

O MEC também pretende, através do exame, fazer um diagnóstico dos conhecimentos dos futuros professores com objetivo de subsidir políticas públicas de formação de docentes.

Consulta pública – O MEC abriu na última quarta, 20, uma consulta pública com duração de 45 dias para a população sugerir como deve ser o exame. A colaboração pode ser feita dentro de uma lista de 16 temas centrais, que tratam de uma série de habilidades que os professores devem possuir. Essa lista foi elaborada com parâmetro no que é exigido dos docentes internacionalmente, de acordo com o MEC. (Clique aqui e participe da consulta pública)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s