Correntes de Internet e outras chateações

Discutindo com amigos sobre o envio de correntes de internet e a crença em sua veracidade decidi escrever, meio que por brincadeira, meio que por verdade…

Para referências futuras percebam que os textos de correntes de Internet (que dizem ser verdadeiros) tem algumas características recorrentes:

  1. Quase Nunca citam a fonte (em qualquer trabalho sério a fonte é tão importante quanto a ideia).
  2. Quando citam a fonte deixam de maneira vaga (tipo: Foi o Bill Gates que disse…).
  3. Muitas trazem autores famosos, artistas, políticos, etc (mesmo que vc nunca tenha visto ela(e) dizer aquilo em nenhum outro lugar).
  4. Quase sempre apresentam uma lição (barata) de moral no final do texto.
  5. Invariavelmente tem um interesse político, comercial ou religioso (quando não tem tudo isso junto!)
  6. Muitos apresentam apelo emocional (Ex.: salvar criancinhas, cachorrinhos, ursinhos de pelúcia, etc…)
  7. Apresentam no corpo do email uma lista imensa de pessoas que já repassaram (caíram no golpe).
  8. Vêm quase sempre das mesmas pessoas da sua lista (aquelas que levam a sério e até ficam bravas se disser que é mentira. :-P)
  9. Os mais radicais fazem ameaças aos familiares e/ou integridade física (esses são os que eu deleto com mais gosto).

Fonte: Minha experiência e minhas ideias.

Isso até que podia virar uma corrente… (então tenho que acrescentar algo…)

"Nunca acredite totalmente nos seus sentidos imediatos, justamente por serem humanos, são falhos". 😛

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s