Ricos Rebeldes

Os ricos andam meio revoltados ultimamente. Ou será que foi sempre assim?

A questão é que não querem mais que sua rica tranqüilidade seja perturbada por gente diferenciada.

Há alguns meses assistindo um jornal televisivo, veio a notícia que a associação de moradores do Real Parque (alto Real Parque) estavam preocupados com condição de vida das pessoas da favela do Real Parque, devido a iminente construção de prédios para essas pessoas. O rico argumento da associação de moradores era de que os prédios estariam sendo construídos em cima de aterros, além da preocupação com o trânsito e com o barulho na construção dos prédios (será que os prédios de luxo não geram barulhos ao serem construídos?). O problema é que essas pessoas viviam lá a anos e nunca se preocuparam com elas, mas com a verticalização e permanência definitiva dessa gente diferenciada eles ficaram preocupados. Com a favela em barracos tinham o imaginário de que uma hora ou outra eles (essa gente) iriam embora. Com os prédios construídos nunca mais sairiam. Seriam definitivamente parte do bairro, moradores do bairro (poderiam até pedir participação na associação dos moradores, que absurdo!).

Seria coincidência que essa favela sofre de “acidentais” incêndios periodicamente? Ah essa rica rebeldia…

Essa gente diferenciada não para que querer coisas. Hoje querem casas para morar, querem ir para a escola (onde já se viu), amanhã vão querer universidade e o que mais (metrô)?

Charge de Amâncio

Mais recentemente tivemos o caso do metrô na av. Angélica e a repentina preocupação dos moradores do bairro da higiene com a gente diferenciada que começaria a freqüentar as redondezas (hoje eles até podem freqüentar, mas pela entrada de serviço, sobem o elevador de carga e descarga e trabalham em silêncio para não perturbar a ordem).

O churrascão da gente diferenciada, foi um movimento importante para mostrar para a higiene que eles não são tão sutis quanto pensam. Para mostrar que seu poder de convencimento só está na esfera do poder, mas na esfera social ainda precisa melhorar muito. Mas como nem tudo são flores, o evento foi cancelado e o poder burguesia venceu outra vez. O argumento do cancelamento abraça os ricos interesses dos novos rebeldes, preocupação com o trânsito da av. higienópolis?!

"Convite" de churrasco marcado em protesto contra mudança de estação de metrô em Higienópolis, no centro de São Paulo

Essa rica rebeldia não vai parar. Não querem que a ordem de seu universo seja perturbada, o problema é que a gente diferenciada também não vai parar de querer espaço.

Quem ganha essa briga?

Refs.

http://twixar.com/yo0J3Ht3in

http://twixar.com/P5TjMQt7X

http://twixar.com/p5VUfms0R

Anúncios

1 comentário

  1. Gostei muito desse post. Ironico até dizer chega, Oz. 😉
    Sinto falta de você me ensinando física em Osasco. T_T

    Bjo, continuarei lendo o que você publicar. 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s