Eu apoio!

Pela Moradia

Fonte: Pragmatismo Político

O procurador do Estado de São Paulo Marcio Sotelo Felippe afirma que o governador Geraldo Alckmin, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Ivan Sartori, e Naji Nahas devem ser presos pelos crimes cometidos contra a humanidade no Pinheirinho, em São José dos Campos, interior de São Paulo

Alckmin Nahas Sartori Pinheirinho PrisãoDurante quinze dias, o jurista Márcio Sotero  se debruçou na documentação da área do Pinheirinho, onde foram expulsas pela tropa de choque da Polícia Militar, no dia 22 de janeiro, milhares de pessoas pobres.

A reintegração de posse foi requerida pela massa falida da Selecta, empresa do especulador Naji Nahas. Ao pesquisar toda a papelada do processo de falência o procurado do Estado fez algumas descobertas até agora não divulgadas por autoridades que tinham este conhecimento.

Márcio Sotero Felipe também é professor de Filosofia do Direito da Escola Superior da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo e exerceu…

Ver o post original 1.702 mais palavras

1 comentário

  1. Filho, va se informar um pouco….
    Existem Leis por trás de tudo…va reclamar com o Legislativo,que elaborou as a constituição em 1988. Essas pessoas que aqui se fala, apenas cumpriram o que a lei manda, se não fizesse isso, não estaria seguindo seu dever. Com certeza o governador e o presidente do tribunal não gostariam que tivesse sido do modo que foi, mas os traficantes e bandidos que lá se “escondiam” resistiram e a PM teve que tomar providência, a final a lei deve sempre ser seguida. Pois é, ninguém mandou invadir terra de alheia, alias, mandou sim, né PT?!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s