O Problema das Sacolinhas de Plástico

Carregando algumas caixas agora pouco enquanto voltava do mercado, comecei a pensar melhor sobre o problema das sacolinhas plásticas.

Não é novidade para quase ninguém que este problema vai muito alem do problema ambiental. Ele é essencialmente econômico!

Existem muitas maneiras de preservar o meio ambiente, mas entre todas elas, foi feita a escolha da eliminação das sacolinha plásticas de mercado. Pq?

A questão é que os super/hipermercados vão lucrar muito com isso. Vão economizar um valor muito grande por não distribuir as sacolas plásticas. E as pessoas como ficam? Que peguem caixas! Mas nem caixas os mercados estão oferencendo.

O problema aqui não é defender o saco plástico, que sei muito bem o mal que faz para o meio ambiente. A questão é entender que se trata de uma questão econômica para os mercados. Outras soluções poderiam ser realizadas sem prejudicar o consumidor, por exemplo:

Distribuição de sacos biodegradáveis.

Distribuição de sacos de papel (não é o ideal, mas é melhor que o plástico).

Distribuição de sacos reutilizáveis (mesmo que fosse um ou dois por cliente, criando um cadastro para a distribuição).

Eles poderiam fazer isso usando o dinheiro que estão economizando com os sacos de plástico.

Nenhuma destas soluções foram tomadas, nem essas, nem outras que não consigo imaginar agora. A solução foi: Eliminar sumariamente os sacos plásticos, com o fraco argumento de cuidar do planeta.

Poderiam ser distribuídos gratuitamente para os clientes (1 ou 2 por pessoa, por ex.) com a economia nos sacos plásticos.

A população precisa abrir os olhos para as entrelinhas deste processo. Sucumbir e silenciar só vai nos trazer prejuízo a curto e longo prazo.

Veja o vídeo:

Desabafo de uma sacolinha

Anúncios

1 comentário

  1. Sem contar que (não sei se é assim em todos os supermercados, mas já vi isso em muitos) ao lado do caixa tem uma penca daquelas sacolas retornáveis “ecobags” para o cliente comprar (leia-se: o cliente pagar por ela e o supermercado também lucrar com ela).
    E se a pessoa saiu de casa desprevenida sem sua “ecobag” e decide ir no supermercado comprar a janta (já aconteceu isso comigo)…? Compra outra “ecobag” ali mesmo, na hora!
    Eu até sou a favor dessa coisa dos saquinhos plásticos (só lamento ter perdido a minha fonte de saquinhos de lixo do cesto do banheiro e da cozinha), mas o problema é que tem coisa muito mais séria e impactante para o meio ambiente que essa, e que as pessoas parecem “esquecer”…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s