Entre a USP e o Paraguai

No meio do turbilhão de emoção e repressão que está(mos)vamos passando no final do ano passado na USP, durante uma assembleia de pós graduação, um estudantes se manifestou de maneira infeliz: “temos que nos organizar ou isso aqui vai virar um Paraguai!”. Imediatamente foi rechaçado por muitos estudantes que perceberam a falha do colega.

Hoje o Golpe de Estado Constitucional que o Paraguai sofre me fez lembrar deste fato e pensar sobre o assunto. Hoje temos mesmo que nos cuidar para não virar um Paraguai, não no sentido infeliz que o rapaz usou, remetendo a algum tipo de desorganização que a fronteira Brasil-Paraguai e a herança deixada pelos históricos assaltos que Brasil, Argentina e Uruguai fizeram ao vizinho, faz parecer existir. Não neste sentido, mas no sentido político de um país que consegue por vias constitucionais dar um Golpe de Estado. Algo parecido com o ocorrido em Honduras a tempos atrás.

Imagem

Mas o que isso tem a ver conosco? Tudo, já que nos faz pensar (e agir, espero!) sobre a fragilidade política deste sistema representativo nos governa (não nos representa!).

Aqui na Universidade de São Paulo reuniões extraordinárias, do Conselho Universitário, são chamadas as pressas com o “vago” tema Estrutura de Poder, um regimento de pós graduação é aprovado em poucos meses, um acordo com a polícia militar e firmado do dia para a noite, estudantes são incriminados, julgados e penalizados pelo mesmo orgão delator. Se não pudermos chamar isso de Golpe na democracia, o que poderemos?

O Paraguai está nos dando uma lição neste momento, uma lição de alerta e atenção, acreditar no fim das ditaduras militares e no fim dos golpes, não é mais uma opção. A diferença é que os Golpes Modernos são agora constitucionais, fazem parte das leis e, assim como os outros, ignoram a opinião pública.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s