Anular é um ato político!

Avisem a democracia burguesa que votar nulo é sim um ato político.

Eles não consideram isso por que no resultado de uma eleição consideram apenas os chamados “votos válidos” (excluem os brancos e nulos).

Isto é, para dizer pouco, uma afronta a democracia. Seria como, numa assembleia, ignorar as abstenções. É ignorar as pessoas que estão insatisfeitas com o sistema, é ignorar a quem desagrada a eleição ou deixar de lado quem descobre que nenhum candidato lhe representa.

Neste modelo, os insatisfeitos são completamente ignorados restando para eles, apenas 3 saídas:

a) Não votar, nem aparecer na urna e pagar uma multa posteriormente.

b) Escolher o “menos pior”. No caso de SP é o que está acontecendo com muita gente que conheço, tendo que se vender render ao menos pior e fazer o chamado “voto útil”.

c) Anular o voto (lembrando que voto nulo é diferente de voto em branco). E esperar que um maior numero de pessoas tenha coragem de anular também, e que assim a população reúna forças, não para anular uma eleição pela lei, mas para anular uma eleição na prática, nas ruas, na luta.

(vamos ser práticos, se mais da metade da população votar nulo e estiver insatisfeita com a eleição, não será possível um zé ruela qualquer assumir qualquer cargo, neste momento tenho certeza que a população terá força suficiente para mudar este sistema)

O processo vitorioso das “Diretas já!” foi muito importante para a história do país, para as pessoas, mas estamos em um novo momento da história e agora a luta é outra, queremos o direito de escolher se queremos votar ou não. A obrigatoriedade é contra a democracia e contra a liberdade.

Por que será que não existe nenhuma movimentação política no congresso para o fim da obrigatoriedade de votação?

Vou usar um exemplo da educação, o que seria de um mau professor que dissesse aos seus estudantes que podem escolher participar ou não da sua atividade?

Um bom professor deixa a porta aberta e a passagem livre para que os estudantes estejam ali por vontade não por obrigatoriedade.

A mudança não vai vir de cima (nem de seres imaginários nem de políticos sem vontade) e neste momento, nesta eleição, a única resposta que tenho é o voto nulo!

Por mais que a globo diga o contrário, eu reafirmo, Anular é sim, um ato político!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s