Sobre quem é (quase) contra a redução da maioridade penal

Se você é desses que solta esse papinho escroto que a redução da maioridade penal só deveria ser aplicada para crimes hediondos, saiba que a consciência de opressor está se manifestando em você.

Algumas frases de quem pensa assim são: “Veja bem, não é assim”, “alguns jovens devem ir presos, outros não…”, “depende do crime”, “só em caso de assassinato”, “bla bla bla…”.

Você ainda não entendeu que a criminalidade (hedionda ou branda) é um produto social e histórico, construída através da acumulação de riquezas que promove a cada dia a exclusão social? Ou seja, o criminoso que a burguesia tenta eliminar cada vez mais cedo é produto dela mesma e de seu modo de produção capitalista.

Também não sejam inocentes de pensar que basta colocar os moleques e meninas na escola para resolver o problema. A escola é a superestrutura mais eficiente que o sistema possui. Afinal todos passam por ela e são moldados/excluídos/destruídos ao bel prazer da máquina.

leia mais sobre isso em:

Só mesmo o fim do sistema opressor que coloca todo esse moinho para girar. Só mesmo o fim do capitalismo para resolver as chagas desta sociedade que band-aid nenhum consegue esconder.

Hedionda é a fome.

Hedionda é a miséria.

Hediondo é ter que morar na rua.

Hedionda é a exploração do trabalho.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s