Sobre a delícia de ser educador (parte 9)

Três crianças (6, 7 e 35 anos) brincam de Transformes…

Depois de um giro magnífico de 720 graus, um deles diz.
– Vc não pode me matar. Sou imortal!
Entre gestos sublimes de espadas invisíveis, o outro responde.
– Ninguém pode ser imortal nesta vida.
– Eu sou.
E depois de mais alguns golpes imaginários, solta.
– Todos os imortais já morreram!

Eu que fiz apenas uma participação especial nesta cena, não senti vontade de dizer nem uma palavra. Apenas me transformei num caminhão e fugi.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s